Cumbica fica com equipe insuficiente para checar passaporte na Imigração e Emigração

Desde 21.03.14 quem viaja para o exterior à partir do Aeroporto de Cumbica enfrenta problemas graves.

Por incrível que pareça o contrato entre a PF e Ransdtad, prestadora de serviço que controla a imigração e emigração, terminou e a licitação não foi feita a tempo.

Devido a essa perda de licitação, quem viaja para o exterior enfrenta problemas para fazer a imigração e emigração, devido ao número insuficiente de funcionárias para checar a entrada e saída de passageiros.

Vergonha, não é?

Segundo reportagem da Folha de São Paulo o atendimento está sendo feito por 160 funcionários emprestados da Infraero, 40 policiais e 24 servidores da PF do próprio aeroporto.

Acreditem!

O prazo para renovação do contrato é indeterminado e pode levar semanas.

Nos últimos dois fins de semana a situação foi caótica no aeroporto, com uma demora foi de até 2hs para entrar ou sair do pais e muitas perdas de vôos.

Instalado o problema, a explicação da PF mudou a declaração e afirmou à Folha de São Paulo, que o problema é uma falha de sistema e por isso a checagem de passaporte está levando o triplo do normal.

Seja um problema ou outro, as cias aéreas estão há dias avisando os passageiros para que cheguem com 4 hs de antecedência para que evitem a perda dos vôos!

Pessoal, cheguem cedo, eu mesmo já fazia isso há anos, agora a coisa está feia e só tende a piorar!

Como é possível isso acontecer em ano de Copa? E o respeito com os passageiros onde fica?

Não esqueça, aqui no nosso blog você pode fazer cotações e comprar on line: seguro de viagemlacres Sealbag para sua malatickets para as principais atrações, fazer reserva de hotéis e carros, tudo de forma segura e fácil.

Visite o nosso instagram e facebook, garanto que vai gostar!

Leia também:
Companhias Aéreas tentam atrair o viajante que gosta de conforto
Dica de Assentos – Seat Guru – aprenda a usar
Regras de Despacho Bagagem Tam

Beijos

by Maria do Carmo Veras, Fast Pass Viagens
Google

 

New York – Como chegar e andar

Hoje vamos falar da mais conhecida cidade americana, mas, para isso iremos precisar de diversos posts.Neste falaremos de como chegar e como andar pela cidade.

Ela é um dos destinos imperdíveis. Alguns amam e outros a odeiam.E alguns amam e também odeiam, principalmente às 5 horas da tarde, com chuva e cheia de pacotes, tentando pegar um táxiA mais populosa cidade americana, com 8 milhões de habitantes, é um enorme centro financeiro e cultural.As opções de museus, teatros, restaurantes e lojas, são infindáveis e estão em permanente mutação.New York fica no estado de New York e é constituída de 5 regiões (boroughs), Manhattan, Bronx, Queens, Brooklyn e Staten Island.

Foi fundada em 1624 como New Amsterdam por holandeses e passou a ser domínio britânico em 1664.

Já foi a capital dos EUA de 1785 até 1790.

Neste post vamos nos focar em Manhattan, pois é onde 99% dos visitantes irão em sua primeira viagem.

Provavelmente você chegará de avião em um dos seus 3 aeroportos da região, JFKNewark ou La Guardia.

Entre no blog Viajando Barato pelo Mundo e ache uma promoção para o destino.

O mais fácil é usar um transfer no aeroporto, existem diversas opções.

E se você não quer se preocupar com nada, entre em contato com a Marina guia e editora do Blog New York e Você.

Além de ser uma ilha estreita, a planta da cidade é uma das mais interessantes, com a maioria das ruas numeradas de sul a norte e avenidas de leste para o oeste.

As ruas vão da 1st em Lower Manhattan até a 215th no Bronx. Algumas poucas ruas tem nomes como as nossas, mais a maioria é numerada.

As ruas (streets) tem 61 metros entre uma e outra e as Avenidas (Avenues) variam um pouco, mas a maioria tem 260 metros entre elas, sendo mais largas nas laterais da ilha.

Assim, se localizar em New York não é difícil.

As opções de transporte são as mais variadas e eu vou ser sincera, apesar disso não gosto de nenhuma.

O mais fácil é usar o metrô, pois a cidade é cortada por diversas linhas. Apesar da enorme quantidade de estações, algumas vezes você irá andar muito para achá-las. Várias linhas se cruzam, mas as interseções às vezes estão separadas por centenas de metros.

E a sujeira! A maioria é muito ruim. Mal conservada, suja, não sendo difícil achar ratos andando nos trilhos.

Depois dessa crítica, não posso deixar de dizer que essa é a melhor opção. As linhas funcionam quase ininterruptamente e as estações estão protegidas do frio e da chuva. Os trens são cheios, mas não lotados.

Na nossa última viagem, habilitamos a internet do nosso celular e usamos o maps. Ele traçava a rota, dizia qual metrô pegar, quanto tempo iria demorar, foi bem útil.

Outra opção é o taxi. O problema é que os motoristas são mal educados, escolhem o passageiro e o destino e desaparecem às 5 da tarde, quando trocam de turno.O trânsito é caótico e também não são baratos, principalmente se você necessitar fazer várias viagens por dia.

E por último, você pode alugar um carro. Brincadeirinha! Não dá para andar de carro em New York, pois quase não existem estacionamentos e o trânsito é ruim.

Ilustração wikipedia

Como já disse Manhattan possui diversos bairros, por isso vamos começar do norte e fazendo um resumo dos mais conhecidos:

Harlem fica no alto do Central Park, que aliás, fica mais ou menos no meio da ilha.

Dos lados do parque ficam Upper West e East Side.

Mais para baixo Midtown, Times Square, Garment District, Gramercy Park, Chelsea e Flat Iron District.Depois, Meatpacking e East Village que são super badalados.Greenwich Village e Soho, Nolita e Lower East Side.

Little Italy, Tribeca e Chinatown.

E finalmente, o Financial District, onde está localizado o marco zero, as famosas torres gêmeas.

Usando um chavão, a cidade é, literalmente, um caldeirão de culturas e povos, italianos, poloneses, chineses, judeus, latinos diversos, e até americanos!

Cada esquina representa uma cultura, cada quadra é diferente.

Dito tudo isso, ela é imperdível! Visite você vai adorar!

Enquanto preparo mais posts, leiam algumas curiosidades sobre o Empire State Building, o que você vai achar na Loja e restaurante da Bergdorf GoodmanSaks Fith, o que fazer dentro dela, um dia passeando no Metropolitan Museum of Art.

Saiba também, tudo sobre um hotel que adoro em New York – o The Langham Place 5th Avenue, imperdível se gosta de tratamento VIP.

E não esqueça, aqui no nosso blog você pode fazer cotações e comprar on line: seguro de viagemlacres Sealbag para sua malatickets para as principais atrações, fazer reserva de hotéis e carros, tudo de forma segura e fácil.

Visite o nosso instagram e facebook, garanto que vai gostar!

Beijos

by Maria do Carmo Veras, Fast Pass Viagens
Google

Campanha Põe no Rótulo

Hoje estamos apoiando uma causa muito importante.

Tenho uma filha que sé alérgica a leite e sei o quanto é importante saber o que tem no rótulo.

Quando pequena ela tomava somente leite de soja, mas hoje, já encontramos mais opções, de leites, queijos, iogurtes e bolachas.

Põe no rótulo, é um grupo de 600 mães que tem em comum filhos com alguma alergia alimentar.

E elas querem que as empresas sejam obrigadas a colocar no rótulo todos os ingredientes da composição do produto.

Isso não é tão simples, porque algumas alergias severas, a da minha filha não é.

Algumas o mínimo contato com o produto, já é suficiente para desencadear uma série de problemas, alguns deles que podem ser fatais.

Põe no Rotulo

Veja na integra o que é o grupo na página do Põe no Rótulo do Facebook.

Assessoria de Imprensa
Mariana Claudino
claudino@gmail.com

Visitem todas as redes sociais do Põe no Rótulo
Facebook
Instagram
Twitter

Eu já estou ajudando no Twitter, Instagram e Facebook, faça o mesmo!Poe no Rotulo

#poenorotulo

Elas contam com sua participação e com certeza todos nós sairemos ganhando.

Beijos

by Maria do Carmo Veras, Fast Pass Viagens
Google